Nos EUA o ser mítico mais conhecido na zona oeste é o Pé-grande, enquanto no Brasil fala-se do Saci e do Mapinguari.

Há algum tempo vem-se falando no chupa-cabras, que teria aparecido nas zonas rurais da cidade de Sumaré, Monte Mor, Capivari e Rafard, municípios vizinhos de Campinas-SP principalmente em 1997.



Alguns habitantes dessas regiões afirmam que a morte de bois e ovelhas, cuja causa mortis é desconhecida, se deve a um animal de hábitos noturnos que ninguém viu, mas que a imaginação atribui ao chupa-cabras.

As pessoas sérias são mais prudentes, afirmando provavelmente a morte desses animais domésticos foi causada por algum predador como a onça-parda e o lobo-guará. Outros atribuem a morte a alguma seita satânica.

Escreve o jornalista Paulo San Martin (1997-Chupa-cabras, agora ele se tornou histeria coletiva. edição de 8 de junho) no jornal A TRIBUNA, de Campinas-SP: "Na verdade, os casos de chupa-cabras registrados no mundo inteiro têm uma estrutura clássica e muito própria. As marcas deixadas por eles não podem ser confundidas com a de nenhum predador conhecido e a maneira como o ataque é realizado também não tem referência na zoologia e na biologia. Praticamente todo o sangue do animal morto é drenado e as feridas são inconfundíveis - como se tivessem sido feitas por garras longas e afiadas, semelhantes a navalhas. Em alguns casos são retirados, com precisão cirúrgica, órgãos e glândulas nobres." Nestes casos suspeita-se de ação humana.

1. História

Ele apareceu pela primeira vez em 1995, em Porto Rico, quando oito ovelhas foram encontradas mortas, cada uma com três incisões circulares na área do peito, indicando que todo o sangue do corpo foi drenado nesta área.
Poucos meses depois ele é avistado em uma pequena cidade Porto Riquenha, onde 150 animais morreram, todos da mesma maneira que as ovelhas.

O nome El Chupacabra foi dado por um comediante da televisão de Porto Rico, por causa de estar sempre atacando animais de fazenda.


Ao longo desses anos, a partir de 1995, ele começou a aparecer em diversos países das américas do norte, central e do sul.
A partir dessas novas aparições, as descrições mudaram, e os estilo de ataque também. Além do sangue drenado, alguns animais começaram a surgir mutilados, outros com partes de pele faltando. Sem contar alguns fazendeiros mais "radicais" que contaram que encontraram até mesmo vacas mortas pelo monstrinho.

2. No Brasil

O Chupacabra foi avistado no Brasil em 1996/1997, no interior de São Paulo. Causando muito furor para as pessoas e para a mídia (Para quem deve ter mais ou menos a minha idade (19), deve se lembrar desse nhenhenhem todo! Quase a mesma época do ET de Varginha XD!).

Durante este período, muitas surpresas aconteceram:

"Outro ataque do chupacabra?


O que teria acontecido a este aposentado de 53 anos? É essa a pergunta que se fazem os médicos do IML de São Paulo.
O cadáver foi encontrado no mês de abril de 1997, na represa de Guarapiranga, zona Sul de São Paulo. A forma como o corpo se encontrava, quando foi resgatado, era macabra: estava mutilado externamente e não possuía nenhum orgão interno.
A vítima tinha como hábito pescar numa ilha deserta, localizada no meio da represa. Para isso ia a nado, vestindo apenas uma cueca. Os médicos não conseguem explicar a forma como foram retirados os orgãos. No corpo do aposentado foram encontrados pequenos furos simetricamente recortados, impossíveis de serem feitos no meio do mato, que induzem a hipótese de que os orgãos tenham sido sugados.
Embora tenha sido achado com a roupa de baixo ainda no corpo, o cadáver do aposentado estava sem os testículos, com o pênis ereto e escurecido. Seu ânus estava perfurado e sem o reto. Braços, umbigo, pernas e pés também possuiam o mesmo escurecimento. Foram ainda retirados olhos, orelha, língua e todos os orgãos internos.
O mais aterrorizante foi a única conclusão a que a equipe do IML chegou: "essa vítima apresenta lesões com características de reação vital", o que indica que estava viva enquanto sofria as mutilações. Todos os indícios levam a crer que o aposentado teria sido atacado por um chupa-cabra."
Fonte: http://www.adventistas.com/outubro/sin30109909.htm
Mas assim como veio, ele logo desapareceu, deixando o país todo mergulhado em mistério.
Pistas, pegadas, até mesmo um suposto esqueleto, tudo foi deixado para trás.

3. Atualmente

Desde 2004 o Chupacabra é visto nos Estados Unidos e no México. Foi a partir desta época que ele ganhou mais uma aparência canina do que reptiliana e/ou extraterrestre, foi também quando a criatura ganhou totalmente o mundo e o título de “O Pé Grande da América Latina”.

Chupacabra capturado no estado do Texas, EUA



No total, o Chupacabra apareceu na República Dominicana, Argentina, Bolívia, Chile, Colombia, Honduras, El Salvador, Nicarágua, Panamá, Peru, Brasil, Estados Unidos e México. O mochileiro das criptocriaturas. E continua a viajar por aí.
Há boatos ainda de que ele pode estar surgindo NA RÚSSIA, um pouco radical para um monstrinho tão... Latino.
Mas é, fazendeiros russos relatam desde 2006 que seus bichinhos estão aparecendo mortos e com o sangue drenado! Será que El Chupacabra está evoluíndo?

(Sobre essa coisa de ele ser um alenígena: Não há certeza absoluta nesse fato. É certo que algumas de suas aparições coincidiram com estranhas luzes no céu e etc. Mas atualmente ele é mais visto como criatura criptozoológica do que ufológica.)

4. Os Céticos

Quando se trata do Chupacabra, os céticos acabam se perdendo um pouco. Alguns não descartam uma infeliz brincadeira de mau-gosto, e outros já consideram simplesmente um animal desconhecido.
Para alguns também, o cão capturado no Texas não passa de um coiote com sarna demais. Mas e os dentes? Até porque veterinários já confirmaram que é praticamente impossível a sarna despelar um animal (Eu vi no Monsterquest, então, veterinários, se eu estiver errada, avisem!). Mas ainda não chegaram à nenhuma conclusão definitiva.


Dizem que... "Isso" é a cabeça de um Chupacabra! (WTF?)



Phylis Canion, uma ex-caçadora e atual fazendeira no texas, diz ter uma cabeça de um legítimo Chupacabra em sua casa, no Texas. Segundo ela, o animal foi caçado após vários de seus animais aparecerem mortos. "Já vi muitas coisas nojentas", ela disse "Mas nunca algo como isso!"


Um desenho de como seria o Chupacabra mais "alien" (Talvez ainda nos anos 90)



Eis um monstro com uma história complicada e enorme (Foi complicado "resumir" a história dele aqui!). Aparições, desaparecimentos, animais mutilados... Uma das figuras mais intrigantes da Criptozoologia perturba nossa mente e nos confunde.

O que é exatamente um Chupacabra? Um animal desconhecido? Um demônio? Ou obra de visitantes de outro planeta?

Bem, enquanto não houverem respostas... Reforçem suas fazendas! E preparem-se, ele pode aparecer a qualquer momento.

Tenha lindos sonhos, se puder...
Compartilhe:

Michel Belli

Poste um Comentário:

0 comments so far,add yours