Hoje é um post sobre um dos serial killers mais brutais da história americana, Jeffrey Dahmer.
Jeffrey Lionel Dahmer (21 de Maio 1960 – 28 de Novembro de 1994) foi um serial killer americano. Dahmer assassinou 17 homens e garotos entre 1978 e 1991, sendo a maioria dos assassinatos ocorridos entre os anos de 1989 e 1991. Seus crimes eram particularmente hediondos, envolvendo estupro, necrofilia e canibalismo
Dahmer nasceu em Milwaukee, Wisconsin, no dia 21 de maio de 1960, às 15h34m. Filho de Lionel e Joyce Dahmer. Sua família em breve se mudou para Bath, Ohio, onde estudou na Revere High School. Lá Dahmer jogava tênis e tocava clarinete. Dahmer dissecava animais mortos e em sua adolescência e tinha até um cemitério particular nos fundos de sua casa. Era alcoólatra e solitário. Muitos de seus colegas o descreviam como “estranho” e “bizarro” por causa das constantes brincadeiras que cometia. Tudo parte de uma tentativa de Dahmer de se entrosar entre os colegas, algo em vão. Aos 15 anos seus poucos colegas perceberam que Dahmer era alcoólatra, em entrevista a Philips no ano de sua morte, confirmou que seus desejos e fantasias assassinas começaram nessa epôca, não por causa do alcoolismo, Jeffrey bebia para poder esquecer o que pensava.
Após formar-se no ensino médio, foi abandonado por sua mãe em Bath, Ohio. Foi deixado, então, sem comida, sem dinheiro e com uma geladeira quebrada com apenas 18 anos. Estudou durante três meses na Universidade do Estado de Ohio, mas largou a universidade após 3 meses de bebedeiras. Foi então numa noite de Junho de 1978 que Dahmer cometeu seu primeiro assassinato.
O pai de Dahmer então o fez entrar no Exército,lugar que que pode aprender sobre a anatomia humana e se interessar mais á fundo, deveria servir por seis anos mas foi dispensado após dois anos, devido ao seu alcoolismo. Quando o Exército dispensou Dahmer em 1981, deram-lhe uma passagem de avião para qualquer lugar no país. Dahmer revelou mais tarde à polícia que não conseguiria ver seu pai, então foi para Miami Beach, Florida porque estava “cansado do frio”.
Em 1982 Dahmer mudou-se para casa da sua avó, em West Allis, Wisconsin, onde morou durante seis anos. Em Agosto deste ano, foi detido por expor a si mesmo numa feira estatal. Em Setembro de 1986 foi novamente preso por exposição pública (atentado ao pudor), depois de dois rapazes o terem acusado de se masturbar em público. Foi condenado a um ano de prisão, no entanto só cumpriu 10 meses.
No Verão de 1988 a sua avó pediu-lhe que saísse de casa, devido as suas noitadas, estranha personalidade e os maus cheiros provenientes do porão. Dahmer mudou-se para um apartamento em Milwaukee’s West side.
Dismembered Victim of Jeffrey Dahmer - Crime Scene Photo
Vítima desmembrada por Jeffrey Dahmmer
A 25 de Setembro de 1988 foi detido por molestar um rapaz de 13 anos. Foi novamente condenado a um ano, tendo cumprido 10 meses. Dahmer convenceu o juiz que precisava de terapia e foi liberto. Pouco depois começou uma onda de crimes, matando quase uma pessoa por semana, que só terminaram em 1991.
Nas primeiras horas da manhã do dia 30 de Maio de 1991, Konerak Sinthasomphone (irmão mais novo do rapaz que Dahmer tinha molestado), de 14 anos, foi encontrado na rua nu, sob influência de drogas e sangrando pelo ânus. Os relatórios sobre o estado do rapaz variaram. Dahmer disse à polícia que Sinthasomphone era seu namorado e que eles tiveram um desentendimento enquanto bebiam. Contra os protestos do rapaz, a polícia devolveu-o a Dahmer. A polícia sentiu um odor estranho em Dahmer, mas não investigou. Mais tarde foram encontrados corpos, atrás do seu quarto, entre eles o de Sinthasomphone. Dahmer matou e desmembrou Sinthasomphone, guardando o seu crânio como lembrança. John Balcerzak e Joseph Gabrish, os dois polícias que devolveram Sinthasomphone a Dahmer, foram despedidos, depois das suas ações terem sido bastante publicitadas (incluindo uma cassete em que os polícias faziam depoimentos homofóbicos e piadas sobre como tinham reunido “os amantes”).
No Verão de 1991, Dahmer matava aproximadamente uma pessoa por semana: Matt Turner (30 de Junho), Jeremiah Weinberger (5 de Julho), Oliver Lacy (12 de Julho) e Joseph Brandehoft (18 de Julho).
Em 22 de Julho de 1991 Dahmer atraiu Tracy Edwards a sua casa. Segundo a vítima, ele e Dahmer lutaram para este lhe pôr algemas. Edwards conseguiu escapar e chamou a polícia, conduzindo-a até ao apartamento de Dahmer. Quando percebeu que tinha sido apanhado tornou-se violento, mas um policial subjugou-o. Foram encontradas várias fotografias de vítimas assassinadas, despojos humanos (incluindo cabeças e pênis), alguns deles guardados no frigorífico. A história da detenção de Dahmer e o inventário ao apartamento 213 ganhou grande notoriedade: vários cadáveres foram encontrados em vasilhas de ácido, várias cabeças foram encontradas no seu frigorífico, e um altar de velas e crânios humanos foi descoberto no seu armário. Dahmer foi acusado de praticar necrofilia, canibalismo e uma forma de trepanação, para criar “zombies”.
Jeffrey Dahmer foi oficialmente acusado de 17 assassinatos, que mais tarde foram reduzidos a 15. As acusações eram tão pesadas, que as autoridades nem o acusaram da tentativa de homicídio de Edwards. O julgamento começou em Janeiro de 1992. Apesar de todas as provas apontarem para si, Dahmer declarou-se inocente e alegou insanidade. O tribunal considerou Dahmer culpado dos 15 homicídios, e condenou-o a 957 anos de prisão. Mais tarde Dahmer exprimiu remorsos e disse que desejou a sua própria morte.
Dahmer cumpriu a pena na Instituição Penal Columbia em Portage, Wisconsin, onde se tornou cristão. Esta conversão ocorreu graças ao material evangélico enviado pelo pai. Roy Ratcliff, um pastor local, concordou em batizá-lo.
Depois de assistir a um culto na capela da prisão, um preso tentou cortar a garganta de Dahmer com uma lâmina de navalha. Dahmer teve apenas feridas superficiais.
Em 28 de novembro de 1994, Dahmer e outro preso por assassinato, Jesse Anderson, foram atacados de surpresa e espancados até a morte por Christopher Scarver, também preso, diagnosticado como psicótico (afirmava receber visões do além e que uma delas lhe teria ordenado a assassinar Dahmer e Anderson). Dahmer morreu a caminho do hospital devido a vários traumas na cabeça.
O apartamento 213 foi demolido e agora é um lote vazio. Existem planos para transformá-lo num jardim em memória às vítimas.
Em 1994, Lionel Dahmer publicou o livro A Father’s Story e doou o dinheiro aos familiares das vítimas. Lionel mora com a mulher em Medina County, Ohio. Ambos afirmam que continuam a amar Jeffrey apesar dos seus crimes.
 Todo o conteúdo acima foi retirado do Wikipedia.
Fotos de de suas vítimas
Pessoas que escaparam
Fotos de vítimas









Peritos usando máscaras para se proteger do odor da carne pútrida
Genitais, cabeça e mãos de uma de suas vítimas.

Palavras de Jeffrey Dahmer
“Eu acho que de alguma forma eu queria que acabasse, mesmo que isso significasse a minha própria destruição.”
“… Para aliviar as mentes dos pais … Quer dizer, é uma coisa pequena, muito pequena, mas eu não sei o que mais eu poderia fazer. Pelo menos eu posso fazer isso … porque eu criei este horror e ela só faz sentido que eu faço de tudo para pôr um fim a ele, terminar uma completa a ele. ” … A Confissão
“É apenas um pesadelo, vamos colocar dessa maneira. Tem sido um pesadelo para um longo tempo, mesmo antes de eu ter pego … por anos agora, obviamente, minha mente foi preenchida com horríveis, terríveis pensamentos e idéias … um pesadelo.”
“Eu não conseguia encontrar qualquer significado em minha vida quando eu estava lá fora. Estou com certeza não vai encontrá-lo aqui. Este é o grand finale de uma vida mal gasta e o resultado final é apenas esmagadoramente deprimente … é apenas um doente, patética, miserável, a história de vida miserável, isso é tudo o que é. Como ele pode ajudar alguém, eu não tenho nenhuma idéia. “
“Eu nem sei se tenho a capacidade de emoções normais ou não, porque eu não chorei por um longo tempo. Você acabou de sufocá-los por tanto tempo que talvez você perdê-los, pelo menos parcialmente. Eu não sei . “
“Eu não sei por que ela começou. Eu não tenho nenhuma resposta definitiva sobre que eu mesmo. Se eu soubesse a verdade, verdadeiras razões por que tudo isso começou, antes que ele nunca fez, eu não teria, provavelmente, feito de nada . “
“… Como flechas, disparando na minha mente a partir do nada.” Fantasias …
“Naquela noite, em Ohio, que uma noite impulsivo. Nada tem sido normal desde então. Ela contamina toda a sua vida. Depois que isso aconteceu eu pensei que tinha acabado de tentar viver o mais normalmente possível e enterrá-lo, mas coisas como que” don t ficam enterradas. Eu não acho que seria, mas o faz, contamina toda a sua vida. ” Hicks …
“Eu estava na faculdade naquele dia, pensando Hicks. Eu estava bebendo e em uma espécie de humor chorosa, e eu chorei com isso.”
“Eu prefiro falar sobre qualquer outra coisa no mundo agora.” Hicks …
“Sim, ela vivia naquela casa há muito tempo.” … “Você ama a sua avó?”
“Por volta das onze horas da noite, quando todos se foi ea loja estava trancada pelo lado de fora, eu saí e despiu o manequim e eu tinha uma capa grande saco de dormir. Eu colocá-lo na medida em que, zipados-lo e levou-a para fora da loja, que foi uma coisa muito perigosa de se fazer. Eu nunca pensei que um deles talvez ter câmeras de segurança ou sendo bloqueado na loja, mas eu saí com ele e levei de volta para casa. acabei ficando um táxi e trouxe de volta e manteve-me com um par de semanas. Eu só passei por várias fantasias sexuais com ela, fingindo que era uma pessoa real, fingindo que eu estava fazendo sexo com ela, masturbar-se e despir-lo. “
“Eu me senti em estado de choque completo. Eu simplesmente não podia acreditar que isso aconteceu novamente depois de todos esses anos, quando eu não tinha feito nada assim … Eu não sei o que estava acontecendo na minha mente. Eu não tenho nenhuma memória dela. Tentei a draga-lo, mas não tenho memória alguma. ” … Steven Toumi
“Quando eu era criança eu era como qualquer outra pessoa.” Em sua infância
“Uma coisa eu sei com certeza. Era uma compulsão definitiva porque eu não conseguia parar. Eu tentei, mas depois de o embaixador, eu não podia desistir. Seria bom se alguém pudesse dar a resposta numa bandeja de prata a por que eu fiz tudo isso eo que causou isso, porque eu não posso chegar a uma resposta. “
“Sou apenas uma pessoa extremamente mal ou é algum tipo de influência satânica, ou o quê? Eu não tenho idéia. Eu não tenho nenhuma idéia. Você? É possível ser influenciado por seres espirituais? Eu sei que soa como uma maneira fácil de desculpa e dizer que eu não poderia me ajudar, mas de tudo o que diz a Bíblia, há forças que têm uma influência directa ou indirecta sobre o comportamento das pessoas. A Bíblia chama de Satanás. Acho que é possível, porque Certamente parece que alguns dos pensamentos não são meus, eles só vêm explodindo na minha cabeça … Estes pensamentos são muito poderosos, muito destrutivo, e eles não deixam. Eles não são o tipo de pensamentos que você pode apenas apertar sua cabeça e eles se foram. Eles não deixam. “
“Depois do medo e do terror de que eu tinha feito tinha deixado, o que levou cerca de um mês ou dois, eu comecei tudo de novo. A partir de então foi um desejo, uma fome, eu não sei como descrevê-la , uma compulsão, e eu apenas continuei a fazê-lo, fazê-lo e fazê-lo, sempre que a oportunidade se apresentou. “
“Eu sabia que minha avó seria acordar e eu ainda queria que ele ficasse comigo para que eu o estrangulou … eu trouxe-o até o quarto e fingiu que ainda estava vivo.”
“Eu peguei a faca e parte do couro cabeludo e descascados fora a carne sem osso e manteve o crânio eo couro cabeludo … Se eu pudesse tê-lo mantido mais tempo, tudo dele, eu teria” … Anthony Sears
“Ele só quer fazer as pessoas se sentem como culpados e péssimo possível. O cara é como uma picada.” … Sua opinião de Geraldo (woohoo!), uma declaração feita antes do Talk Show Geraldo Rivera transmissão sobre crimes de Dahmer.
“Eu decidi que não era nunca vai se casar, porque eu nunca quis passar por algo assim”. Em seu casamento dos pais
“Foi bom, com ciclídeos Africano e farpas tigre nele e plantas vivas, era um tanque de peixes bem cuidados, muito limpo … Eu gostava de apenas sentar lá e vê-los nadar em torno, basicamente. Eu gostava de o planejamento eo set-up, a filtração, ler sobre como manter os nitratos e amónia para níveis seguros e apenas todo o espectro de peixes de manutenção me interessou … Uma vez eu vi alguns baiacu na loja. É um peixe redondo, e os únicos que eu já vi com os dois olhos na frente, como os olhos de uma pessoa, e eles vêm até a frente do vidro e seus olhos seriam azuis cristalinas, como a de uma pessoa real, bonito … É um passatempo divertido. I gostei muito que o tanque de peixes. É algo que eu realmente sinto falta. “
“Separei as articulações, as articulações do braço, as articulações das pernas, e teve que fazer duas fervuras. Acho que eu usei quatro caixas de Soilex para cada um, colocados na parte superior do corpo e cozida, por cerca de duas horas e depois a porção inferior por mais duas horas. O Soilex remove toda a carne, o transforma em uma substância gelatinosa, como tipo e ele só lavagens off. Então eu coloquei os ossos limpos em uma solução de água sanitária luz, deixou-os lá por um dia e se espalhou -los em qualquer jornal ou pano e deixe-os secar por cerca de uma semana no quarto. ”Ernest Miller …
“Eu não queria continuar matando as pessoas e não têm nada, exceto o crânio … Isto vai soar ruim, mas … devo dizê-lo? … Eu tomei a broca, enquanto ele estava dormindo …”
“Sim, eu tenho remorso, mas eu nem tenho certeza se é mesmo tão profundo como deveria ser. Eu sempre me perguntei-me porque não me sinto mais remorso.”
 As três seguintes citações assassinatos preocupação que pesava mais fortemente em sua consciência
“Eu desejo que eu não tivesse feito isso.” … Steven Hicks
“Eu não tinha nenhuma intenção de fazê-lo em primeiro lugar.” … Steven Tuomi
“Ele era extremamente carinhoso. Foi bom estar com”. … Jeremias Weinburger
 “Se eu estivesse pensando racionalmente, eu teria parado. Eu não estava pensando racionalmente, pois ele só aumentou e aumentou. Era quase como se eu queria chegar a um ponto onde ele estava fora do meu controle e não houve retorno. Quer dizer, eu era muito cuidadoso durante anos e anos, você sabe. Muito cuidado, muito cuidado com certificando-se que nada incriminador permaneceram, mas estes últimos meses, eles simplesmente enlouqueceu … Parecia que ele entrou em um frenesi este último mês. Tudo realmente desabou. A coisa toda começou a cair em torno de minha cabeça … Essa foi a semana passada eu estava indo para estar naquele prédio. eu ia ter que sair e encontrar um lugar para colocar todas as minhas posses. Devo pegar um baú e colocar o que eu queria manter em que, e livrar-se do resto? Ou eu deveria colocar um fim a isso, tentar impedir isso e encontrar uma melhor direção para minha vida? Isso é o que se passava na minha mente que, na semana passada. “
“Algo mais forte do que a minha vontade consciente fez isso acontecer. Eu acho que tem algum poder superior bons e alimentaram-se com a minha atividade e decidiu pôr um fim a ele. Eu realmente não acho que houve qualquer coincidências. A forma como ele terminou e se as chamadas foram perto de alerta para mim ou o quê, eu não sei. Se fossem, eu com certeza não prestou atenção deles … Se eu não tivesse sido preso ou perdi meu emprego, eu ainda estaria fazendo isso, eu estou completamente certo disso. Fui em fazê-lo e fazê-lo e fazê-lo, apesar da minha ansiedade e da falta de satisfação duradoura … Como arrogante e estúpido da minha parte pensar que eu poderia fazer algo assim e ir apenas sobre a minha vida normalmente como se nada tivesse acontecido. Dizem que você colhe o que planta, bem, é verdade, você faz, eventualmente … Eu sempre me perguntei, a partir do momento que eu cometi que primeiro erro horrível pecado, com Hicks, se esta era uma espécie de predestinado e não havia nenhuma maneira que eu poderia ter mudado isso. Gostaria de saber o quanto a predestinação controla a vida de uma pessoa e apenas quanto controle que têm sobre si mesmos. “
“Eu estava completamente varrido juntamente com a minha própria compulsão. Eu não sei de que outra forma de colocá-lo. Ele não me satisfazia completamente, então talvez eu estava pensando outra vontade. Talvez esta vontade, e os números começaram a crescer e crescer e ficou fora de controle, como você pode ver. “
“É como um grande pedaço de mim foi arrancado e eu não estou muito inteiro. Eu não acho que estou mais dramatizar isso, e eu sou certamente merecedores dela, mas o que eu sinto agora, é assim como você está falando com alguém que está terminalmente doente e enfrentando a morte. A morte seria preferível que eu estou enfrentando. Eu me sinto como implodir sobre mim, sabe? Eu só quero ir a algum lugar e desaparecer. “
“Quando você tiver feito os tipos de coisas que eu fiz, é mais fácil para não refletir sobre si mesmo. Quando eu começar a pensar em como ela está afetando o amilies f do povo, e minha família e tudo, não me faça nenhum bem. Ele só me deixa muito chateado. “
“… Se eu fosse morto na prisão. Isso seria uma bênção agora.”
“Eu deveria ter ido para a faculdade e passou no mercado imobiliário e tem-me um aquário, que é o que eu deveria ter feito.”
“Eu ainda tenho culpa. Eu provavelmente nunca irá se livrar disso, mas sim, eu sou livre da compulsão ea condução precisa fazer isso … Eu não acho que eu sou capaz de criar qualquer coisa. Acho que a única coisa que eu sou capaz de destruir é … Eu estou doente e cansado de ser destrutivo. O que vale é a vida se você não puder ser útil a alguém? “
“Este é o grand finale de uma vida mal gasto e o resultado final é apenas esmagadoramente deprimente ….. um doente patética, a história de vida miserável, que é tudo o que é” 


Agora, um videozinho para relaxar contando um pouco da história do jovem mancebo.
Compartilhe:

Michel Belli

Poste um Comentário:

0 comments so far,add yours