É fácil esquecer o quão difícil foram os primeiros dias da medicina.

Com o quão avançada a medicina de hoje está, é difícil de imaginar o quão difícil foram os primeiros dias de experimentos e descobertas médicas. Cientistas sérios estavam desenvolvendo drogas, técnicas e ferramentas eficazes, mas também havia uma série de charlatões tiravam proveito da situação para se beneficiar de forma desonesta.


Porque havia técnicas falsas e muitas vezes improvisadas, e muitos erros eram cometidos.

Para alguns pacientes, a cura se tornava mais agonizante que a própria doença. Essas imagens de “médicos” charlatões provam isso, mas ao mesmo tempo mostram como evoluímos em um tempo relativamente curto.

1. Câmaras para tratamento de fisioterapia “sem intervenção humana”


2. Pacientes com doenças mentais “tranquilizados” em cobertores molhados


3. Equipamento de proteção para enfermeiros de radiologia 


4. Tratamento de ratiquismo (ocorre na infância) incluía “bronzeamento” durante os meses de inverno


5. O médico Lewis Sayre com um tratamento de escoliose para controlar a curvatura da coluna vertebral


6. Um dos tratamentos para a escoliose em 1879


7. Um desfibrilador, que era vendido em 1940


8. Em 1885, nem sempre era usado anestesia em cirurgias. Neste caso, eles estão usando éter para o paciente dormir


9. Cadeira ajustável para o parto. Era comercializada na Europa em 1750


10. Um modelo anatômico de uma mulher grávida. O caixão reforça que o corpo humano só devia ser estudado em pessoas mortas


11. Em 1915, esta combinação entre uma maca e uma cadeira de rodas era “a mais eficaz” para os pacientes andarem.


12. Agua radiativa curativa, 1928


14. Uma prótese de perna, 1890


15. Uma prótese de mão, em 1800


16. Um “pulmão” de aço para vítimas da pólio, 1950


17. Heroína, 1890. Desenvolvida e comercializada pela Bayer

18. Cocaína, a cura para a dor de dente. Será que funcionava?



Compartilhe:

Michel Belli

Poste um Comentário:

0 comments so far,add yours