No passado ser um genealogista era um trabalho fisicamente cansativo, árduo e demorado.

No passado ser um genealogista era um trabalho fisicamente cansativo, árduo e demorado. Na grande maioria das vezes eles eram pesquisadores ou detetives amadores que procuravam caçar informações familiares para montar a árvore genealógica das pessoas.

facebook
facebook
Com os avanços tecnológicos, tudo mudou. Hoje em dia as pessoas podem se tornar genealogistas nas poltronas de suas casas. Arquivos, registros de igrejas e os jornais antigos estão a apenas um clique de distância das pessoas. O Facebook, por exemplo, levou as coisas para outro nível.

Árvore genealógica



A árvore genealógica é uma representação das pessoas que tiveram participação na existência de uma pessoa ou família. É o histórico que levanta dados sobre os ancestrais dos mesmos de forma que fiquem conhecidas as conexões estabelecidas. Normalmente coloca-se o nome do ancestral mais antigo de que se conseguiu dados e, a partir desse, seus descendentes até chegar ao membro mais novo da família ou a pessoa que tem interesse.

Existem duas maneiras de pesquisar genealogia pelo Facebook (aplicativos e grupos). Os aplicativos permitem que você se conecte a uma empresa de genealogia online, como Ancestry, Geni ou Family Tree Builder. Na grande parte, eles permitem que você combine qualquer informação que você encontrar no Facebook como a árvore genealógica que você já tenha construído online.

A maioria dos grupos de genealogia do Facebook é fechada ao público, então você precisará pedir permissão para se juntar a eles. Uma vez que você estiver em um grupo, você poderá pesquisar todas as suas postagens e também fazer suas próprias perguntas. Os outros membros do grupo podem ser companheiros pesquisadores, genealogistas amadores ou especialistas em família ou local em que você está interessado. Como acontece em fóruns online. Você precisa explicar exatamente quem ou o que está procurando, o que você já conhece, as etapas que você tomou para descobrir todas as informações.

Pode ser um pouco tedioso, mas nada se compara a procura através de arquivos antigos empoeirados em um biblioteca. Ao todo são mais de 4 mil grupos diferentes, certamente você vai encontrar algum deles que lhe ajude. E aí, o que acharam da matéria? Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.


Fonte: Techtudo

Compartilhe:

Karina Faris

Poste um Comentário: