Cronos era o mais novo dos de primeira geração Titans.

História

Cronos é o astuto, mais jovem e mais terrível dos filhos de Urano, a quem ele odiava.
Ele castrou seu pai e se tornou governante do universo, mas mais tarde foi derrubado por seu próprio filho Zeus.
Cronos era o mais novo dos de primeira geração Titans.
Mais significativamente, ele gerou os deuses e deusas de Monte Olimpo.
A primeira geração do Titans eram filhos da Terra e Céu.
Terra era conhecido como Gaia e Céu como Uranos.
Os Titãs não eram os únicos filhos de Gaia e Uranos. Havia também os 100 destros (Hecatonquiros) e os Ciclopes.

Cronos – Mitologia Grega

Cronos - Deus Grego (História)

Cronos – Quem foi

A figura enigmática de Cronos representou, na mitologia, um claro exemplo dos conflitos religiosos e culturais surgidos entre os gregos e os povos que habitavam a península helênica antes de sua chegada.
Cronos era um deus da mitologia pré-helênica ao qual se atribuíam funções relacionadas com a agricultura. Mais tarde, os gregos o incluíram em sua Cosmogonia, mas lhe conferiram um caráter sinistro e negativo.
Na mitologia grega, Cronos era filho de Urano (o céu) e de Gaia ou Gê (a terra). Incitado pela mãe e ajudado pelos irmãos, os Titãs, castrou o pai – o que separou o céu da terra – e tornou-se o primeiro rei dos deuses.
Seu reinado, porém, era ameaçado por uma profecia segundo a qual um de seus filhos o destronaria. Para que não se cumprisse esse vaticínio, Cronosdevorava todos os filhos que lhe dava sua mulher, Réia, até que esta conseguiu salvar Zeus.


Este, quando cresceu, arrebatou o trono do pai, conseguiu que ele vomitasse os outros filhos, ainda vivos, e o expulsou do Olimpo, banindo-o para o Tártaro, lugar de tormento.
Segundo a tradição clássica, Cronos simbolizava o tempo e por isso Zeus, ao derrotá-lo, conferira a imortalidade aos deuses. Era representado como um ancião empunhando uma foice e freqüentemente aparecia associado a divindades estrangeiras propensas a sacrifícios humanos.
Os romanos assimilaram Cronos a Saturno e dizia-se que, ao fugir do Olimpo, ele levara a agricultura para Roma, com o que recuperava suas primitivas funções agrícolas. Em sua homenagem, celebravam-se as saturnálias, festas rituais relacionadas com a colheita.

Origem

Cronos é o filho de Uranos e Gaia, o mais jovem dos Titãs.
Cronos derrubou seu pai, com a ajuda de sua mãe, e se tornou o governante supremo do universo.
Ele então se casou com Réia, sua irmã, que deu à luz os grandes deuses. Para evitar que o reocurrence do destino de seu pai, ele engoliu cada um de seus filhos como eles nasceram.
No entanto, quando seu último filho, Zeus, nasceu, Rhea escondeu a criança na ilha de Creta, e em vez deu Kronos uma pedra envolto em panos.
Quando Zeus se tornou velho o suficiente, ele desafiou seu pai, e o forçou a vomitar seus irmãos Poseidon, Hades, Deméter, Hera e Héstia.
O Ciclopes, que foram libertados por Zeus, formado os trovões e relâmpagos famosos para Zeus como um sinal de gratidão.
Estas armas foram determinantes para a derrota dos Titãs (em uma batalha conhecida como teh Titanomaquia) por Zeus e seus irmãos.
Fonte: www.nomismatike.hpg.ig.com.br/www.ancient-mythology.com

Compartilhe:

Michel Belli

Poste um Comentário: