Caso você esteja na Inglaterra e veja um Sol diferente, não se assuste, não é o fim do mundo.

Caso você esteja na Inglaterra e veja um Sol diferente, não se assuste, não é o fim do mundo. Bom, as pessoas estão postando nas redes sociais a hashtag #redsun (Sol vermelho). Sim, as imagens não deixam de ser belas, mesmo parecendo um Sol de um filme apocalíptico. De acordo com as testemunhas oculares, realmente dizem que a visão é algo espetacular, e as imagens nos mostram a beleza desse Sol vermelho.


Mas as pessoas que estão postando essas fotos não sabem o motivo pelo qual o Sol está dessa cor. Bom, a explicação para esse fenômeno é um tanto preocupante, e infelizmente envolve tragédias. A BBC capturou algumas imagens do Sol vermelho, e o fenômeno foi ligado ao furacão Ophelia.


Como o furacão Ophelia influencia na cor do Sol?

O furacão de categoria 1, que agora está atingindo a Irlanda, parece ter trazido areia do Saara. Um metereologista da BBC, disse que essa cor do Sol pode está sendo causada por detritos de incêndios florestais de Portugal e Espanha que foram varridos pela tempestade.


A poeira e detritos levados pela tempestade causam a luz que é refratada em comprimentos de onda mais longos, o que deixa a cor do sol mais avermelhada. O meteorologista Simon King, em entrevista a BBC, diz que "O Ophelia se originou nos Açores, onde era um furacão e, ao seguir o caminho para o norte, arrastava o ar tropical do Saara. Como a poeira está alta, a luz do Sol está espalhada nos comprimentos de onda mais longos, que é a parte mais vermelha do espectro, então, parece mais vermelho aos nossos olhos."


Claro que as pessoas vão continuar assustadas com esse tipo de coisa, mas caso você tenha algum amigo que more no Reino Unido, diga a ele que esse Sol vermelho é apenas consequências do furacão varrendo areia do deserto e detritos de incêndios florestais, não tem relação com nenhum apocalipse.

Mas e você, já tinha visto algo assim? Não esqueça de deixar o seu comentário!

Fonte: Fatos Desconhecidos

Compartilhe:

Karina Faris

Poste um Comentário: