O k-pop sempre foi conhecido entre os jovens orientais, mas, de uns tempos pra cá, os grupos desse estilo musical, que surgiu na Coréia do Sul, estão dominando o mundo.

O k-pop sempre foi conhecido entre os jovens orientais, mas, de uns tempos pra cá, os grupos desse estilo musical, que surgiu na Coréia do Sul, estão dominando o mundo. Prova disso é o grupo BTS, que levou os fãs à loucura na apresentação no American Music Awards 2017.


O BTS tem quebrado diversos recordes musicais, especialmente quando se trata de bandas k-pop, e tem levado uma multidão de pessoas para os seus shows ao redor do mundo. Pensando nisso, reunimos tudo o que você precisa saber para conhecer de vez o BTS. Confira:

O BTS foi formado pela Big Hit Entertainment, em 2013, e também é conhecido entre os fãs como Bangtan Boys ou Beyond The Scene. O grupo tem sete meninos e todos eles cantam e dançam muito. São eles: Jeon Jung-kook, Park Ji-min, Suga, V, Kim Seokjin, J-Hope e RM. Em 2010, foi feita uma audição para a escolha dos integrantes, mas alguns sempre deixavam o grupo. O único que segue desde o início é RM. Por conta disso, o grupo só fez a sua estreia em 2013.















O EP de estreia aconteceu em 2013 e o nome dado foi 2 Cool 4 Skool. Desde então, o BTS já soma 10 álbuns, sendo eles 6 EP's. O primeiro videoclipe deles foi No More Dream e conquistou várias visualizações no YouTube. Os meninos somam vários hits, que ficaram por muito tempo nas paradas orientais. Os mais recentes hits são DNA e a versão remix de MIC Drop, em parceria com Steve Aoki, que já está no topo das paradas dos Estados Unidos. Sucesso garantido!



Os meninos do BTS já venderam milhares e milhares de discos pelo mundo e isso deve crescer ainda mais, já que eles estão sendo bem aceitos nos países ocidentais, como nos Estados Unidos. Várias bandas, aliás, já revelaram que gostariam de fazer uma parceria musical com os garotos, como o Fifth Harmony. Além da boa música e coreografias invejáveis, o BTS, que já recebeu elogios da Billboard, também faz muitos trabalhos filantrópicos na Coréia do Sul. Precisa de mais motivos para se tornar um ARMY [fandom deles] de respeito?


Compartilhe:

Karina Faris

Poste um Comentário: