Quem viveu os anos 80 lembra da propaganda

Por causa de uma muito bem-sucedida campanha publicitária. Em 1979, a Receita Federal queria passar a mensagem de que o governo brasileiro não admitia sonegação de impostos. Para isso, a equipe do publicitário Neil Ferreira, da agência DPZ, de São Paulo, criou a imagem do leão.


O animal foi escolhido porque, no imaginário comum, ele impõe respeito por sua simples presença. A ideia era atribuir as características do leão à Receita: leal, justo, mas não bobo. Em outras palavras: se o contribuinte se comportasse, tudo certinho. Mas, se alguém resolvesse desafiar o fisco, teria problemas.

Os anúncios começaram a ser veiculados em 1980. Foram 38 esquetes, ao longo de dez anos, estrelados pelo leão Simba, que pertencia a um circo argentino. Com o tempo, o termo “leão” passou a ser usado para se referir ao imposto de renda.

“Não precisa ter medo. Ninguém quer te arrancar um pedaço”

Uma das frases de efeito usadas na campanha publicitária

Compartilhe:

Karina Faris

Poste um Comentário: