Mas como deve ser a vida dos alunos dessa escola?

O Instituto Le Rosey, estabelecido em 1880, é o mais antigo internato particular da Suíça, essa instituição foi criada para educar jovens promissores, localizada em Rolle no Cantão de Vaud, é uma das instituições educacionais mais exclusivas do mundo. Oferece educação bilíngue e multicultural com estudos em francês ou em inglês a estudantes (com idade entre 9 a 19 anos) que vêm de diferentes países. Le Rosey recentemente têm oferecido bolsas de estudos e começou a aceitar mais estudantes suíços.


Várias crianças importantes já estudaram na escola, filhos de reis, presidentes, celebridades, o problema é que para estudar em uma escola dessas os pais tem que desembolsar uma grana alta. Mas como deve ser a vida dos alunos dessa escola?

Essa é uma das melhores e mais velhas escolas da Suíça

Essa é uma imagem da escola no verão

E aqui no inverno

No inverno, a escola oferece várias aulas particulares de esportes para os alunos

Tanto fora quanto dentro do instituto

No verão, os esportes aquáticos são priorizados

E no tempo livre, os alunos podem ficar próximos a piscina

O dia escolar começa as 7 da manha, com os quartos limpos e um café da manhã

As aulas começam as 8 e vão até as 15 e 30, mas ao meio dia eles tem uma pequena pausa para o almoço e chocolate quente

Entre as 16 e 19, todos os alunos são liberados para praticar esportes ou atividades de criatividade

E até jardinagem eles praticam

As 19 e 30 eles vão jantar, e das 20 as 21 eles fazem as lições de casa

E elas podem fazer isso em grupo, no salão ou na biblioteca

Mas nem só de estudo eles vivem, os alunos também praticam esportes radicais

Como escalada e passeios de barco

Eles aprendem desde pequenos até a cozinhar

Mas estudar nessa escola não é nada barato, os pais tem que desembolsar cerca de 100 mil euros por ano para pagar os estudos

Mas e você, pagaria toda essa grana para seu filho estudar na melhor escola do mundo? Comente!

Compartilhe:

Karina Faris

Poste um Comentário: