Envelhecer pode ser um pesadelo para muita gente.

Envelhecer pode ser um pesadelo para muita gente. A simples ideia de ter que conviver com os cabelos brancos, rugas, dentre tantos outros aspectos físicos que ganhamos com a idade, parece ser realmente assustador. Embora existam os tratamentos que retardem esse processo, uma coisa é fato: todos envelheceremos um dia. Claro, aqueles que viverem pra isso. No entanto, também somos equipados com um órgão que pode sofrer muito menos com isso, caso seja cuidado da forma certa: o cérebro.


Ele, que é o centro de nosso sistema nervoso e responsável por praticamente todas nossas funções, sejam elas neurológicas ou não. A questão é que muitos negligenciam os cuidados que precisam ter com esse órgão tão importante. Embora não seja um músculo, é preciso lembrar que também precisa ser exercitado para que consiga ter sempre bom desempenho, mesmo na velhice. Mas afinal, o que poderíamos fazer para mante-lo jovem e saudável?

"Fonte da juventude" para o cérebro

Ao longo do tempo é normal que nossas habilidades cognitivas sofram quedas de eficiência. Por outro lado, assim como mencionamos anteriormente, existem métodos para retardar esse processo. Um deles é bastante simples e capaz de rejuvenescer seu cérebro em até 11 anos! Qual seria ele? Comer salada! Apenas isso!

De acordo com estudos realizados pela Rush University, em Chicago, sua memória pode ser bem preservada apenas com o hábito de comer uma saladinha com folhas verdes todos os dias. A exemplo de alface, couve, espinafre, acelga e vegetais do tipo, visto que possuem ácido fólico, vitamina do grupo B. Para isso, basta ter disposição e comprometimento.


Os estudos contaram com a ajuda de 960 pessoas mais velhas. Estas, respondiam questionários sobre seus hábitos alimentares e recebiam avaliações cognitivas anualmente. Toda a pesquisa durou 5 anos. Por fim, foram submetidos a testes de memória e que abrangem outras habilidades relativas ao cérebro. Os resultados foram implacáveis: aqueles que tinham o costume de comer mais vegetais, apresentavam desempenho significativamente superior aos que nunca ou raramente comiam. O mais surpreendente ainda é que essas pessoas com melhores hábitos alimentares possuíam o cérebro cerca de 11 anos mais jovem.

De acordo com a Dr. Martha Clare Morris, membro do estudo e epidemiologista nutricional: "Adicionando uma porção diária de vegetais folhosos verdes, a sua dieta pode ser uma maneira simples de ajudar a promover a saúde do cérebro".Ainda acrescenta que essa também pode ser uma excelente estratégia preventiva contra a demência.

Quanto mais, melhor!

É importante mencionar que o estudo também levou em consideração as variáveis que podem prejudicar nossa saúde mental, a exemplo do tabagismo, nível educacional, obesidade e afins. No entanto, o consumo de tais folhagens se mostrou bastante eficaz. Dessa forma, aquelas pessoas que tinham hábito maior de consumo, sempre demonstravam melhores desempenhos.

Portanto, aqui fica a dica: caso queira melhorar seu desempenho cognitivo e manter seu cérebro até 11 anos mais jovem, tente comer pelo menos uma porção de vegetais do tipo por dia! No fim das contas, vale a pena para manter sua saúde, como um todo, em equilíbrio!

E então pessoal, o que acharam? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Compartilhe:

Karina Faris

Poste um Comentário: