Se seu corpo esquentar demais, você dança

Para prevenir que o corpo superaqueça. Os seres humanos produzem calor e, assim como os outros mamíferos, são homeotérmicos, ou seja, mantêm uma temperatura corporal constante para que o metabolismo funcione corretamente.

Se o ambiente esquenta muito, fica difícil perder calor para fazer essa regulagem. Dependendo da duração dessa situação, pode ocorrer a hipertermia: o corpo desidrata, os vasos sanguíneos periféricos dilatam (diminuindo a pressão arterial) e as proteínas alteram sua estrutura, processo chamado de desnaturação.


Em casos extremos, pode ser fatal. O responsável pelo equilíbrio interno é uma região do cérebro chamada hipotálamo, que, a partir dos estímulos recebidos, regula hormônios e a concentração de sal dos fluidos corporais, além de ativar as glândulas sudoríparas, entre outros mecanismos.

É por isso que idosos possuem uma percepção mais desregulada da temperatura: com o envelhecimento dos neurônios, o funcionamento do hipotálamo fica comprometido.

Compartilhe:

Karina Faris

Poste um Comentário: