A ideia de "não julgar um livro pela sua capa" pode funcionar também para os ovos que consumimos?

A ideia de "não julgar um livro pela sua capa" pode funcionar também para os ovos que consumimos? Explicando: é que muita gente considera os ovos de casca escura mais saudáveis e nutritivos do que os brancos. Mas será que são mesmo?


Bem, tudo depende da origem do ovo, não exatamente da cor de seu exterior. Ovos brancos costumam ser resultantes de produções industriais, portanto menos saudáveis do que os de fazendas. Mas isso não significa que todo ovo branco segue essa regra.

Mas o que determina a cor da casca dos ovos?
A cor das cascas dos ovos é determinada por uma combinação de raça e genética, sendo que as condições em que as galinhas são criadas não interferem nesse quesito. Em geral, é possível saber se os ovos sairão brancos ao analisar os lóbulos das orelhas de uma galinha – aquela pele colorida que fica ao lado de sua cabeça. As galinhas que tiverem lóbulos brancos geralmente botam ovos brancos, enquanto aquelas com lóbulos castanhos ou avermelhados costumam colocar ovos marrons.

Contudo, não há comprovação científica de que alguma raça de galinha seja capaz de botar ovos mais nutritivos do que outra, mas as condições do animal podem afetar a nutrição de seus ovos.
Galinhas livres produzem ovos mais nutritivos

Recentemente, a revista norte-americana Mother Earth News fez testes com ovos retirados de 14 bandos em todo o país, cujas galinhas tinham acesso frequente a pastagens frescas, e descobriram que esses ovos eram nutricionalmente superiores aos que são vendidos nas mercearias.

Ao comparar a qualidade nutricional de ambos os tipos de ovos, eles descobriram que aqueles resultantes de uma criação mais natural e livre tinham 1/3 menos colesterol, 1/4 menos gordura saturada, 2/3 mais vitamina A, 2 vezes mais ômega-3, três vezes mais vitamina E e 7 vezes mais betacaroteno.

Ainda, outro estudo conduzido pelo Consumer Reports descobriu que a nutrição das galinhas também impacta diretamente na qualidade nutricional de seus ovos. Aquelas aves alimentadas com dietas vegetarianas tendem a botar ovos com mais vitaminas do que as alimentadas com dietas convencionais.

Mas no supermercado também temos ovos marrons. E agora?
Levando em consideração as informações acima, é realmente complicado saber se aquele ovo que você está prestes a comprar é mais saudável, se o único critério for a cor de sua casca. Por conta disso, vale observar as embalagens e ver se ali constam informações sobre como as galinhas que produziram aquele lote de ovos são criadas: se livres, ou confinadas. Na falta de avisos do tipo, pode-se partir do princípio de que aqueles ovos são fruto de produções industriais.

Concluindo: ovos brancos podem ser tão saudáveis e nutritivos quanto os marrons. Tudo depende das condições em que as galinhas foram criadas (com acesso a ar livre, exercícios e luz solar, por exemplo), e se elas foram alimentadas com uma dieta adequada.

Compartilhe:

Karina Faris

Poste um Comentário: