Para quem gosta de seguir o que está em alta no mundo da moda, saber o que vai estar em alta ou não é essencial na hora de se vestir.

Para quem gosta de seguir o que está em alta no mundo da moda, saber o que vai estar em alta ou não é essencial na hora de se vestir. E a virada do ano parece ser o momento certo para renovar os looks escolher o que manter ou não no guarda-roupa. 


Segundo a consultora de moda Thais Moretzsohn, algumas das peças, tecidos e estampas que ganharam os corações dos brasileiros também vão fazer parte do ano. Ela explica que a tendência de moda se mantém principalmente pela praticidade de combinações que ficou bastante evidente nesse ano.

"Em 2017 teve muita transparência, lurex foi o tecido do momento, terninhos fizeram compuseram diversos looks, body, babados e sapatos mule ganharam as ruas do Brasil", afirma. "Babados, tecido lurex, look estilo pijama, listras, mule, brilho, tênis branco e body ainda estarão em alta no próximo ano, mas serão incorporadas com as novas tendências das próximas estações."

A personal stylist Juliana Parisi também menciona que camisas que deixam os ombros em evidência e cintos marcando calças de cintura alta também entram na lista da moda. Ela complementa que as tonalidades rosa quartzo, azul serenity e azul marinho chamaram atenção em 2017, mas 2018 é o ano das cores rosa pink e ultra violet, que foi escolhida como cor do ano pela Pantone.

Tons terrosos, como marrom, bege, cobre e vermelho terra também vão estar em alta, assim como o estilo Boho Chic, indica a consultora de imagem e estilo Rita Heroína. “Esse estilo traz muitas influências ciganas com florais e padronagens geométricas. As peças normalmente são compostas por saias longas e fluidas e quimonos.”



O Boho Chic vai voltou com tudo em 2018 e tons como marrom e vermelho terra também prometem fazer sucesso

Da cabeça aos pés
Rita Heroína também dá dicas dos modelos de sapatos e estampas que vão fazer sucesso nos pés dos brasileiros. “O jeans vai parar de assumir somente a sua forma básica, para revestir scarpins e mules de bico fino! Muitos modelos estão chegando também com aplicações de bordados e babados.”

“As aplicações de paetê e glitter serão as responsáveis pelo glamour nos calçados deste verão, nos mais diversos estilos de sapatos: saltos, mules, birken.” Outras novidades serão os tons de rosa metalizados e cores pasteis, como azul e rosé.

Saltos de corda, juta e cortiça também vão estar em alta para as sandálias do verão 2018. E os solados tratorados, que fizeram muito sucesso no inverno, agora irão aparecer muito nas sandálias com salto branco. Juliana Parisi também destaca os tênis brancos, as mules, saltos grossos e meia pata ou saltos finos e baixos, seguindo o estilo kitten heels.

Outono/Inverno 2018


Estampas e tecidos diferentes vão fazer parte das coleções outono/inverno de 2018

Mas e depois que passar o verão? Quem diz o que vai fazer sucesso no guarda-roupa nas temperaturas mais frias é Thais Moretzsohn: “Para as próximas estações, o minimalismo em tecido plano, veludo cotelê e veludo molhado, o novo tweed, estampas com elementos da natureza em verde, tecidos lurex e lamê, brocados e renda serão tendência.”

Se quiser alguma peça coringa, a profissional indica investir em um casaco de algum desses tecidos para combinar com vários looks. Juliana Parisi afirma que blazers e casacos usados fechados, metalizados e o tecido jacquard também voltam no inverno.

Combinações
E na hora de combinar tendências de diferentes anos, Juliana indica continuar usando as roupas do ano anterior misturadas com as mais atuais ou com looks mais discretos. "Vale prestar atenção nas tendências mais chamativas e muito fashionista, que normalmente saem mais rápido de moda e você tende a enjoar mais rápido também, aproveitando menos a peça."

Thais segue a mesma lógica. "Hoje, existe muita informação na internet que pode ajudar na hora das escolhas, mas vale sempre pensar em um armário capsula que é formado por 40 peças que tem o seu estilo e nunca saem de moda."

Para ela, quatro itens são essenciais: uma calça jeans, uma blusinha branca, uma calça preta e uma camisa branca. "Certeza que com essas peças você sempre estará com roupas que poderá incorporar às novas tendências", afirma Thais. A outra dica é optar por peças com tons que sejam neutros e possam ser combinados entre si.

Chamando atenção
Ambas as profissionais dizem que a primeira coisa ao pensar em compor um visual é escolher o que vai chamar atenção, entre roupa, sapato, cabelo, maquiagem ou acessório. "Tudo em excesso não trará uma composição harmônica, então opte pelo item que quer expor e escolha um com tons mais chamativos, tamanhos maiores ou forma diferente, porém os demais itens devem ser utilizados tons mais neutros", diz Thais.

"O segredo está em você seguir o seu estilo pessoal, ter peças no guarda-roupa que te representem e que te façam sentir bem usando-as. Outra dica que nunca sai de moda é 'menos é mais', por isso evite exageros", sugere Juliana.

Seguindo a moda
Para saber o que é ou não tendência de moda, fique atenta ao que é divulgado sobre o mundo da moda. "Geralmente, a internet divulga muito todos os desfiles de moda que acontecem ao redor do mundo, mas é muito difícil aplicar o que vimos nas passarelas, com o que podemos usar no dia a dia", explica Thais.

Por isso, a forma mais acessível é procurar em revistas e sites especializados e observar o que está sendo comentado nas redes sociais, tanto por influenciadoras digitais e até mesmo pelas marcas. "Tente ver o que é comum em todas elas, tanto tecido, como corte ou até mesmo estampa, isso pode dizer muito sobre as novas tendências."

"O ideal na hora de seguir uma tendência de moda é saber o que você se sente bem para que possa adaptar o seu estilo ao que esta por vir na moda, mas se a pessoa está insegura com o que vestir, uma pantalona e um body pode ser um coringa para aquele dia sem criatividade", finaliza a consultora de moda.
Compartilhe:

Karina Faris

Poste um Comentário: