Hoje, caros leitores, resolvemos falar de um problema que muitas pessoas que gostam de "tomar uma" enfrentam.

Hoje, caros leitores, resolvemos falar de um problema que muitas pessoas que gostam de "tomar uma" enfrentam. Você é to tipo de pessoa que fica igual a um pimentão quando bebe? Bom, para algumas pessoas pode parecer normal, mas para ouras podemos estar falando de um pequeno problema.

Saibam que mais de uma em cada três pessoas de ascendência japonesa, chinesa ou coreana experimentam o rubor facial. O mesmo afeta especialmente a testa e as bochechas. Mas que tipo de problema é esse? 

Ficar com o rosto vermelho quando bebe, por que?

O nosso corpo considera o álcool como tóxico, certo? Quando nós ingerimos o mesmo, o nosso corpo tenta transformar o álcool em algo que não seja tóxico para nós. Até aí tudo bem, certo? Quando isso acontece, o álcool é convertido em acetaldeído (tóxico) e depois em ácido acético (principal componente do vinagre). Esse processo acontece no nosso fígado.

Essa transformação é mediada por enzimas chamadas álcool desidrogenases (ADHs). Depois disso, outro grupo de enzimas, chamadas de desidrogenases de acetaldeído (ALDHs) decompõe os acetaldeídos em ácido acético. Mas o que é raro são mutações nessas enzimas.


Algumas pessoas tem mutações nas enzinas ADHs, nas ALDHs e as vezes nas duas. Isso faz com que elas aumentam ou diminuam suas habilidades. Quando isso acontece, acaba provocando um acúmulo de acetaldeído que resulta em rubor, náuseas e as vezes até no aumento da frequência cardíaca.

Muito comuns nos asiáticos mas raro em pessoas de origem europeia ou africana. Estudos indicam que pessoas com essa deficiência devem abusar menos do álcool por causa dos efeitos colaterais que podem vir como consequência.

Mas e você, sofre desse pequeno problema? Se não, marque aqui em baixo aquele seu amigo que fica vermelho toda vez que bebe.

Compartilhe:

Karina Faris

Poste um Comentário: