Muita gente gosta tanto do calor que mal pode esperar a chegada do verão.

Muita gente gosta tanto do calor que mal pode esperar a chegada do verão. Porém, para outras pessoas, o clima quente é sinônimo de irritação, insetos indesejados e o pior de tudo: suor intenso o tempo inteiro, que deixa a pele pegajosa e com manchas um pouco indiscretas nas roupas. Mas por que será que isso acontece?


O grande vilão não é o seu corpo, muito menos as glândulas que produzem o suor. Pasme: a culpa das manchas amareladas nas roupas é, na verdade, do seu desodorante – ou, mais especificamente, de uma substância bastante presente nos antitranspirantes que utilizamos, o cloreto de alumínio.

Se você prestou atenção nas aulas de Biologia, deve saber que o nosso corpo possui alguns tipos de glândulas sudoríparas. Entre elas, estão as écrinas, responsáveis por controlar o suor praticamente no corpo inteiro, principalmente em áreas como lábios e tímpanos, e liberam suas secreções direto na superfície da pele.

Já as glândulas apócrinas começam a funcionar durante a puberdade e estão presentes em locais mais específicos – e, se você pensou nas axilas, acertou. As manchas amareladas surgem por conta do suor produzido por essas glândulas, que é composto por gorduras e proteínas. Quando o suor delas entra em contato com o desodorante, as moléculas sofrem alterações, e... bom, você já sabe o resultado disso.

É claro que não estamos falando para você parar de usar desodorante se quiser evitar as manchas – até porque não queremos que você fique sem amigos. Há alguns jeitos bem simples de evitar as manchas amareladas em suas roupas: um deles é dar preferência a desodorantes que não tenham alumínio na composição. Outra dica é simplesmente esperar alguns instantes após aplicar o desodorante, para que a sua pele absorva o produto. Caso nada disso resolva o problema, você pode utilizar detergentes para roupas que possuam enzimas na composição, os quais removem o suor e os resíduos que tenham ficado no tecido.

Compartilhe:

Karina Faris

Poste um Comentário: