Mas e se caso uma explosão atômica acontecesse nas suas proximidades, você saberia o que fazer?

Para quem não se lembra, as bombas atômicas lançadas pelos Estados Unidos em 1945 nas cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki vitimaram cerca de 230 mil pessoas. Felizmente esses foram os únicos ataques realizados com armas nucleares da história. Mas e se caso uma explosão atômica acontecesse nas suas proximidades, você saberia o que fazer?


As chances de sermos atacados são quase 0, certo? Mas é sempre bom saber o que fazer em uma situação dessas. Antes de mais nada é preciso lembrar que caso uma pessoa esteja no alvo exato da explosão, ela morreria na hora, seja pelo fogo, radiação ou pela onda explosiva. Mas o que devemos fazer nesse caso? A Fatos Desconhecidos conta para vocês.

Procure um abrigo!


Se você souber que vai acontecer uma explosão nuclear ou mesmo ver que uma bomba está caindo, a primeira coisa a se fazer é procurar um abrigo. Segundo Alex Wellerstein, do Instituto de Tecnologia Stevens (EUA), a dica é não ficar parado, pois você terá cerca de 10 a 15 segundos para fazer algo e salvar a sua vida.

O Departamento de Segurança Interna dos EUA diz que se você avistar o flash nuclear ou for avisado, se abrigue imediatamente. Se estiver longe de onde aconteceu a explosão, talvez você escape dos detritos da explosão que podem te ferir fatalmente.

E depois da explosão?

Se uma pessoa conseguir um abrigo seguro, o que ela deve fazer depois da explosão? Depois que a "poeira abaixar", a pessoa deve procurar um lugar protegido e o mais longe possível do centro da explosão. A bomba pode até matar as pessoas que estão por perto, mas sua ação acaba rapidamente. Depois, sujeira, detritos e outras partículas são lançadas para a atmosfera e formam uma nuvem gigante, virando uma espécie de "nuvem radioativa".


Conforme o vento empurra a nuvem para longe, as cinzas radioativas caem sobre a área dentro de uma hora. É aí que mora o perigo. Essas cinzas serão muito perigosas nas primeiras 48 horas após a detonação. A radiação decai exponencialmente e depois de duas semanas já é cerca de 1% do seu nível inicial.

Sendo assim, abrigue-se imediatamente para não ficar exposto as altas doses de radiação nos primeiros dias depois da explosão.

Mas e você, já sabia como se proteger de uma bomba atômica? Comente!

Compartilhe:

Karina Faris

Poste um Comentário: