Embora muitos mistérios a respeito de nosso cérebro e mente já tenham sido desvendados, ainda estamos envolvidos em outra vasta quantidade deles.

Embora muitos mistérios a respeito de nosso cérebro e mente já tenham sido desvendados, ainda estamos envolvidos em outra vasta quantidade deles. Você consegue se lembrar de eventos específicos da sua infância, por exemplo? Quando alguém conta sobre algo engraçado que você fez quando tinha seus 4 anos de idade, consegue fazer com que sua mente volta àquela data e se recorde do momento exato? Ou melhor, consegue se lembrar do seu nascimento?


Seus pais investiram muito em você. Compraram suas roupinhas, te alimentaram, levaram pra visitar os mais diversos lugares, compraram brinquedos... E você não se lembra de nada disso. É como se os primeiros anos da vida fossem simplesmente apagados da memória, como se não devessem existir. Lembrar do dia do nascimento então? Este poderia ser considerado como um evento bastante raro. Mas por qual motivo não conseguimos lembrar de nada disso? Esta é uma questão que sempre nos encheu de dúvidas.

Por que não nos lembramos de nossos primeiros momentos?

Tudo isso se deve a nossa estrutura cerebral e a um pequeno órgão localizado em nosso lóbulo temporal, o hipocampo. Apenas para que você tenha ideia, é considerado como a principal sede de nossa memória, e um dos principais componentes para formar nosso sistema límbico. Uma equipe de cientistas da Universidade de Toronto, no Canadá, foi capaz de revelar algumas informações pertinentes ao assunto.

Enquanto vivemos nossos primeiros meses de vida, passamos por uma série de eventos que ocasionam a formação de nosso sistema nervoso, o que também pode ser chamado de "neurogênese". Mas o que isso quer dizer? Simples: diversos neurônio passam a ser desenvolvidos. É exatamente esse processo intenso que faz com que a memória dos bebês não seja duradoura o suficiente.

À medida que a criança cresce, a produção de neurônios vai diminuindo de maneira intensa. Dessa forma, passamos a desenvolver melhor nossas habilidades cognitivas, começamos a aprender sobre aquilo que está a nossa volta e as memórias nos trazem evolução, possuindo mais chances de permanecer conosco.

O idioma também é importante

No dia de nosso nascimento, bem como durante os primeiros meses de vida, ainda não estamos "maduros" para aprender uma linguagem. No entanto, ela também pode ser considerada como elemento fundamental para a fixação de memórias. E é claro, esta é uma das teorias que ninguém discorda no que tange o tema.

Diversos testes foram feitos com crianças. Eram submetidas a perguntas que as induzia a recordar de momentos anteriores. Assim como já era esperado, conseguiam se lembrar apenas de ocasiões onde já sabiam falar e entender o que os outros estavam falando.

Segundo os cientistas: "Cada pessoa esqueceria tudo aquilo que não fosse capaz de narrar naquele momento da vida". Mas vale lembrar que em raras exceções, ainda é algo que pode acontecer. Entretanto, é mais fácil lembrar de apenas imagens e sensações.

E então pessoal, o que acharam? Já sabiam os motivos de não conseguirmos lembrar do dia de nosso nascimento? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Compartilhe:

Karina Faris

Poste um Comentário: