E com o fim há uma grande queda de elétrica estática.

O grande inverno que atormentou todo o hemisfério norte está chegando ao final. E com o fim há uma grande queda de elétrica estática. A eletricidade estática é o acúmulo de cargas elétricas em um determinado material. A carga elétrica pode ser construída através do contato de fricção entre dois materiais que são isoladores. Um dos objetos perderá elétrons e terá uma carga positiva, enquanto o outro ganhará elétrons, ficando com uma carga negativa. Se você tocar num condutor, como algo de metal, a carga vai se descarregar e você sentirá choques eletrostáticos.


Mas afinal, o que o clima tem a ver com tudo isso. Em dias frios e secos, porém, corpos eletrizados tendem a ficar mais tempo carregados. Há uma dificuldade em trocar cargas com o ar seco, e aí a chance de encostar noutro corpo e trocar cargas acumuladas é bem maior.

Desequilíbrio elétrico

Por esse motivo, o desequilíbrio elétrico é mais fácil entre você e outra pessoa nos meses frios. Além disso é nesse período em que você está vestindo mais roupas 'pesadas'. Esse tipo de material é conhecido por acumular muita carga eletrostática. Há algumas coisas que você pode fazer para que não sofra tanto assim com a energia estática. Usar roupas de fibras de algodão natural ajuda muito, já que são neutras em relação ao choque estático. Fibras sintéticas, em especial o poliéster, podem contribuir para a acumulação de cargas elétricas, provocando choque ao tocar em objetos.

É sempre bom lembrar que esses choques são apenas elétrons que se descarregam. Você pode descarregar frequentemente fazendo contato com objetos de metal, interrompendo assim a acumulação de elétrons carregados, fazendo com que o choque seja menos severo. Mas se você está realmente tendo problemas com a energia estática você pode comprar um umidificador para sua casa, que ajuda bastante com esse problema.

E aí, o que acharam da matéria? Já passou por alguma situação contragedora causada pelos choques eletrostáticos? Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Compartilhe:

Karina Faris

Poste um Comentário: